quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Como pagar todas as contas em janeiro?

IPVA, IPTU, matrícula escolar, anuidade de conselhos de classe. Todas essas despesas parecem que estão mancumunadas para que tenhamos que apertar os cintos no início do ano. O número de despesas em janeiro é grande e por isso a solução é a organização.

A primeira coisa a se fazer é uma lista com todas as despesas. Procure priorizar as contas com taxas de juros mais altas. Separe por períodos de vencimento: início do mês (do dia 1 ao dia 09), metade do mês (do dia 10 ao dia 19) e final do mês (20 a 30). Além das contas extras do primeiro mês do ano, contas de despesas essenciais, como água, luz, telefone, condomínio e transporte se mantêm. Para facilitar a organização, publicamos o post Ainda novato no controle do seu orçamento?, que tem uma sugestão de planilha que você pode baixar e utilizar durante o ano todo.

Organizar os gastos é sem dúvida uma forma muito eficiente de manter o equilíbrio financeiro e evitar endividamento. Não há economista que discorde. Isso porque o planejamento permite que o consumidor tenha uma percepção mais clara de para onde vai o seu dinheiro e, dessa forma, auxilia no corte de gastos e na criação de reservas financeiras.

Mas não é preciso ficar neurótico, anotando tudo e passando horas em cima de planilhas. Basta que você faça um controle, por 3 meses, de forma mais precisa. Assim será possível fazer uma média de gastos (somar os valores dos 3 meses e dividir por 3), com a qual se conseguirá estipular metas e planejar despesas durante todo o resto do ano.

Como pagar todas as contas?

Adoramos solucionar todas as questões levantadas aqui no blog, mas esta resposta, vamos combinar, não é nada fácil. Mesmo assim, conseguimos preparamos um passo-a-passo que garante boas perspectivas:

1 - Contabilizar o quanto você ganha e o quanto gasta durante o mês. Faça a planilha sugerida ou qualquer tipo de anotação onde você consiga se entender;

2 - Verificar qual a melhor maneira para pagar cada uma dessas contas "extras" de início de ano. No caso do IPTU, o consumidor que possuir o dinheiro para pagar à vista, o mais recomendável é que o faça. São em torno de 20% de desconto e nenhuma aplicação chegará próximo a isso. Mas se não há possibilidade de pagar o valor total do imposto de uma só vez, o jeito é parcelar mesmo e comprometer-se com este pagamento. Inadimplência de impostos é coisa séria e, assim como a taxa do condomínio, pode lhe tirar o imóvel por dívida na Justiça. Já o IPVA, vale a pena pagar à vista somente nos casos em que o desconto for superior a 8%. Ou seja, tem dinheiro, pague à vista se o desconto for interessante. Não tem dinheiro ou o desconto é muito pequeno, parcele. Aplique o dinheiro se for o caso, para recuperar o desconto perdido.

3 - Não contraia uma dívida para pagar o valor inteiro dessas despesas, mesmo que o desconto seja alto. Esqueça a idéia de tirar um empréstimo para pagar à vista o IPTU e o IPVA. Não compensa.

4 - Para quem tem crianças ou adolescentes em idade escolar, a preocupação agora é também com a matrícula e o material escolar. Como muitas escolas não dão a opção de parcelar a matrícula, o jeito é consumidor é economizar na compra do material escolar e noutras áreas. Mas vale ainda tentar negociar com a instituição de ensino um parcelamento. Exponha sua situação financeira e peça esta gentileza. É comum algumas escolas concederem isso.

Por Fernanda Guimaraes

6 comentários:

  1. Fiz a matricula do meu filho numa escola no mês de junho ele veio transferido de outra cidade, paguei a mensalidade mais a taxa de matrícula, no contrato dizia que o valor seria por 12 meses, mas no final ( dezembro) além da mensalidade ter sido reajustada ( 15%) tive que pagar uma taxa de rematícula e deixar um cheque com o valor da mensalidade do mês de janeiro e com a taxa de material coletivo, ocorre que os cheques que eram para serem pagos no dia 27 de janeiro, foram depositados dia 06 de janeiro e foram compensados pelo limite do banco já que cairam em datas fora do meu pagamento, conclusão tive que pagar juros do limite,mas minhas dúvidas são: É correto cobrar remastrícula 6 meses depois da matrícula se o contrato é para 12 meses na instituição? Esta certo reajustar o valor da mensalidade se no contrato diz que a mensalidade será neste valor por 12 meses? E por ultimo, posso cobrar da escola os juros que paguei por terem depositado o cheque antes da data combinada?

    ResponderExcluir
  2. Oi boa tarde dra Fernanda!
    Há alguns anos atrás emprestei cartão de crédito, fiz compras na CEA e fiz um empréstimo na Riachuelo para uma amiga.
    Ela não pagou,descobrir agora, procurei as empresas e negociei a dívida, parcelando.
    Meu nome não consta nem no SPC e Serasa.
    Meu nome já está liberado para efetuar financiamento de imóvel??

    ResponderExcluir
  3. Oi Dr!
    Estou com uma dívida na caixa econômica entre limite de conta e um CDC no valor de nove mil reais tudo. Um funcionário da caixa me ligou falando pra eu pagar pq pode ir pra justiça e eu ter que receber oficial de justiça na minha casa ou até responder na polícia federal. A dívida está em atraso há três meses, só que não consigo pagar agora, somente em outubro posso negociar. Isso pode acontecer mesmo?

    ResponderExcluir
  4. Oi Dr!
    Estou com uma dívida na caixa econômica entre limite de conta e um CDC no valor de nove mil reais tudo. Um funcionário da caixa me ligou falando pra eu pagar pq pode ir pra justiça e eu ter que receber oficial de justiça na minha casa ou até responder na polícia federal. A dívida está em atraso há três meses, só que não consigo pagar agora, somente em outubro posso negociar. Isso pode acontecer mesmo?

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Dr. Estou com uma dívida na caixa econômica no cheque especial e um CDC que fiz. Tive problemas de saúde e atrasei tudo desde março. Hj me ligou um funcionário do banco de outra cidade, dizendo pra eu procurar a minha agência, por que pode ir pra justiça, ter um oficial me cobrando além de eu ter quec responder na polícia federal.
    Isso procede? Estou com muito medo, pq só posso negociar em setembro e até lá tenho medo q isso aconteça. A dívida está em nove mil reais.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Dr. Estou com uma dívida na caixa econômica no cheque especial e um CDC que fiz. Tive problemas de saúde e atrasei tudo desde março. Hj me ligou um funcionário do banco de outra cidade, dizendo pra eu procurar a minha agência, por que pode ir pra justiça, ter um oficial me cobrando além de eu ter quec responder na polícia federal.
    Isso procede? Estou com muito medo, pq só posso negociar em setembro e até lá tenho medo q isso aconteça. A dívida está em nove mil reais.

    ResponderExcluir